Evidencias de Super – armas na antiguidade ?

Evidencias de Super - armas na antiguidade ?

Evidencias de Super – armas na antiguidade ?,Quando o Dr. J. Robert Oppenheimer, físico por trás do Projeto Manhattan durante a Segunda Guerra Mundial, lembrou a primeira detonação de um dispositivo nuclear em Alamogordo, em julho de 1945, ele disse que um versículo do livro sagrado hindu, o Bhagavad Gita , veio imediatamente para mente: “Se o brilho de mil sóis foram para estourar uma vez para o céu, que seria como o esplendor do todo-poderoso …”

Confira mais evidencias de Super armas na antiguidade pelo mundo

Mais tarde, durante um seminário que ele estava dando para o desenvolvimento de armas nucleares, um estudante universitário perguntou se aquela explosão (que Oppenheimer tinha apelidado de “trindade”) tinha sido de fato a primeira detonação de um dispositivo nuclear no planeta Terra. Resposta de Oppenheimer: “. Bem, sim, nos tempos modernos, porém ouve isso na antiguidade”

Esta declaração tem incomodado muitos  estudioso pelo mundo,  pois o que Oppenheimer queria dizer com a afirmação de que tinha havido outras explosões nucleares na história da Terra, mas como pode ser isso? Afinal, há muito pouca probabilidade , de que algumas   sociedades antigas conseguiram  aproveitar o poder do átomo … ou não ?

 

Verdade seja dita, há uma série de incidentes que envolvem menções curioso de armas arcaicas de destruição em massa na antiguidade, que, ao longo dos séculos, tornaram-se difíceis de identificar. No entanto, se as reivindicações feitas  sobre o seu potencial destrutivo em textos antigos são precisas, muito parecem representar ferramentas que seriam melhor equipadas do que  o  arsenal  militar mais sofisticados de hoje.

Por exemplo, no Blog Beachcombing de História Bizarre , um cerco no ano de 1277 contra uma fortificação da figura histórica do chinês Lou Ch’ien-Hsia e seu exército descreveu o uso de um p’ao huo , uma arma com força destrutiva maciça, contra as paredes do forte :

Ele acendeu o p’ao huo e um trovão foi ouvido, as paredes ruíram, e a fumaça cobriu o céu. Muitos soldados morreram fora de susto. Quando o fogo apagou, eles entraram e não conseguiram encontrar até mesmo as cinzas dos 250 defensores; tinham desaparecido sem deixar rasto.

 “Relatos semelhantes apontam também para antigos textos védicos da Índia, que, aliás, o Dr. Robert Oppenheimer estava muito familiarizado. Especificamente,  afirmou uma variedade de máquinas de voar chamadas viamanas, há uma referência no Mahabharata de uma arma usada contra os Vrishnis e dos Andhakas que soa assustadoramente semelhante a uma explosão nuclear moderna:
//
//
(Foi) um projétil único cobrado com todo o poder do universo. Uma coluna incandescente de fumaça e chamas tão brilhantes como os sóis mil subiu em todo o seu esplendor … Um raio de ferro, um gigantesco mensageiro da morte, que reduziu a cinzas toda a raça dos Vrishnis e dos Andhakas …. os corpos estavam tão queimados a ponto de ser irreconhecível. O cabelo e as unhas caíram; A cerâmica quebrou sem causa aparente, e os pássaros ficaram brancos …. após algumas horas todos os alimentos estavam infectados …. de escapar deste fogo, os soldados se jogaram nos riachos para lavar a si mesmos e seus equipamentos.

Muitos elementos aqui presentes soam curiosamente (como pássaros virando branco, por exemplo), a não ser que podia assumir que as traduções e interpretações sobre as décadas poderia ter levado a uma variedade de traduções. Talvez “ficou branco” indica que os pássaros em pleno vôo foram atingidos pela explosão, voltando imediatamente para cinzas. Outras referências feitas aqui, como “soldados de lavar-se em fluxos”, soa semelhante a tratamentos modernos para o envenenamento por radiação.WiseGEEK.com recomenda o seguinte:

“Se você está na presença de uma explosão nuclear ou acidente, a melhor coisa a fazer é ficar o mais longe da área o mais rápido possível … Porque existe a possibilidade de contaminação externa, é uma boa idéia de dispor de qualquer roupa que usava no momento do evento, e para lavar seu corpo e cabelo cuidadosamente com água morna e sabão. “

Inclusive há referências estava atrás do Santo Graal e que os Nazistas possuíam máquinas voadores “Ovnis”

Será que textos antigos, como o Mahabharata , na verdade, fazer referência aos dispositivos nucleares?É interessante notam que em vários locais ao redor do mundo-incluindo áreas que faziam parte da Índia na época, arqueólogos descobriram vitrificadas paredes de pedra, isto é, paredes de pedra que foram fundidos pelo calor, súbito e intenso. Nos tempos modernos, a vitrificação tem igualmente sido testemunhada em locais que incluem Hiroshima e Nagasaki; isso poderia ser uma prova de que incríveis dispositivos explosivos foram usados nos tempos antigos? Talvez, como Oppenheimer assistiu a “trindade” entra em erupção a Alamogordo, em 1945, ele sabia o tempo todo que ele estava observando um re-contar, uma história tão antiga que foi há muito esquecida pela humanidade … Se for assim, que outras pistas para passado sórdido da Terra podem ficar enterradas, esperando para serem descobertas, como Oppenheimer se referiu?

 

 

Adaptado de :strangehistory

Uma resposta para “Evidencias de Super – armas na antiguidade ?”

  1. […] para o céu, que seria como o esplendor do todo-poderoso …”… — Continue lendo em Caixa De Pandora Veja também outros Links de hoje « Detector de 4 gases: o meio ambiente em controle […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obscuras teorias da conspiração #22#
Olhos azuis de Chinês brilham no escuro
Balística medieval armas letais da época
Arqueologia proibida II – Vídeo
Os melhores mindfucks para você quebrar a cabeça #3#
Que tal um passeio lunar?
Misterioso vídeo prova que a história como a conhecemos está errada
Brasil define numeração da Copa
O que é Superstição?
Porque o tempo parece passar mais rápido quando estamos em perigo ?
Todos os direitos reservados - 2016