Como uma criança de 10 anos conseguiu se perder dentro de um computador

Algum tempo atrás, os editores do site TNW publicaram algumas de suas primeiras experiências com computação. Um leitor se interessou pelas histórias e resolveu compartilhar a sua própria, com um dos primeiros computadores que existiu.

A história é impressionante: ele simplesmente se perdeu dentro do computador. Hilário, não? Agora vamos voltar no tempo. Estamos na década de 1950, quando os computadores gigantescos eram construídos com tubos de vácuos. Essa é a história que o homem, que permaneceu anônimo no site, contou:

“Em 1950, eu tinha 10 anos, e estava visitando o campus da Universidade Estadual de Michigan. O computador estava no piso térreo, desligado, com a porta aberta. Ele tinha a metade do tamanho de um ginásio, com muitas linhas de cabines mais altas que eu. Andei para cima e para baixo observando as linhas nos tubos de vácuo, até que eu fiquei entediado. Só que eu não conseguia mais ver a porta, e não me lembrava de como voltar para fora. Eu estava literalmente perdido no computador. Então eu continuei andando, até que finalmente encontrei a porta aberta e saí”.

Filmes que mostram pessoas presas dentro de computadores de forma digital são comuns. Mas no passado isso era um perigo físico real (onde está a saída dessa máquina gigante?). O computador em que a criança ficou presa não foi revelado, mas possivelmente era o MISTIC.

Com histórias assustadoras e divertidas como essa, é uma felicidade ver os computadores portáteis e pequenos que temos em nossas mãos atualmente. Para ficar perdido em um computador, agora, só em livro ou filme de ficção.

Fonte:[TNW]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Analista descobre misteriosa estrutura
Misterioso vídeo gravado em 69 revela estruturas anômalas na Lua
Por onde andam os integrantes de "Eloise no Plaza"
O QI e instável, ele pode melhorar ou piorar na adolescencia
GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA
A inteligencia humana está relacionada com nosso gene
Transhumanismo, Guerra Psicológica e BEP
O misterioso caso Frederick Valentich
Os maiores mistérios da humanidade de todos os tempos II
Você não é o único que vê o que não existe !
Todos os direitos reservados - 2016