Descoberto esquilo portador da peste negra

Descoberto esquilo portador da peste negra

Descoberto esquilo portador da peste negra, o animal está infectado com o organismo causador da peste bubônica, a mesma doença que matou cerca de 200 milhões de pessoas na Europa no século 14 e ficou conhecida como Peste Negra. Além desse animal, outros dois cães — encontrados no Novo México — também foram identificados com o mesmo problema.

De acordo com os especialistas, se trata de uma variedade geneticamente muito parecida com a bactéria do século 14. Isso significa que o organismo causa a peste bubônica e continua sendo o mesmo que provocou tantas mortes no passado. Com relação à possibilidade de que uma epidemia ocorra, os especialistas afirmam que não há nada o que temer, pois casos isolados de peste — em animais silvestres, domésticos e em humanos — ocorrem todos os anos.

Desembarque na América

A peste foi introduzida no nosso continente perto do ano 1900, e entre os anos de 1999 e 2010 foram registrados nos EUA 999 casos— prováveis e confirmados — de humanos infectados. Aqui no Brasil ela chegou em 1899 e, de acordo com o Ministério da Saúde, entre os anos de 1935 e 2007, foram registrados 7.050 infectados em todo o país.

Atualmente existe tratamento para a peste, ministrado, na maioria das vezes, através de antibióticos. Ainda assim, a doença é bastante grave, e, se não for controlada logo no início, pode ser fatal. Provocada pela bactéria Yersinia pestis, ela normalmente é passada aos humanos através das picadas de pulgas — geralmente presentes em roedores — infectadas.

Sintomas

Uma vez no organismo, a Y. pestis provoca o inchaço dos linfonodos, causando o surgimento de caroços na virilha, axilas e pescoço. Além disso, os doentes também podem apresentar febre, dores de cabeça, fraqueza extrema e dor muscular. Caso o infectado não receba tratamento, a bactéria pode se instalar nos principais órgãos em um período de 1 a 6 dias, e, depois de chegar aos pulmões, a doença se torna altamente contagiosa.

Nesse estágio, a peste pode provocar a morte em apenas três dias, embora o tratamento com antibióticos reduza a incidência de óbitos para 11%. Outros problemas graves decorrentes da infecção são a septicemia — infecção generalizada do organismo — e a gangrena.

Bioterrorismo

Descoberto esquilo portador da peste negra2

 

Conforme apontou o site The Verge, apesar de alguns surtos isolados de peste ocorrerem pelo mundo, o fato de que a doença seja tão contagiosa já levantou vários alertas sobre a possibilidade de que ela possa ser empregada como arma biológica. Inclusive existem relatórios — negados pela Organização Mundial da Saúde — de que um grupo da Al-Qaeda teria tentado um ataque com a Y. pestis em 2009.

Quais os precedentes após ter descoberto de onde vem está terrível doença?

Com respeito a lidar com a vulnerabilidade do país diante de um potencial ataque com armas biológicas contendo a peste negra, o governo dos EUA já recebeu duras críticas. No caso do esquilo de Los Angeles, os oficiais locais fecharam três parques durante uma semana para exterminar as pulgas e evitar que a doença se espalhe. E você leitor, acha que temos motivos para nos preocupar? Não deixe de contar para a gente nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imagem de Jesus é vista entre as nuvens na Flórida ?
Conheça as PÉROLAS DO SAC Sistema de atendimento ao Consumidor
os estádios esportivos mais bonitos do mundo
Os melhores Desenhos dos anos 80
As melhores sagas do cinema de todos os tempos
Misterioso som tem sido ouvido pelo mundo
A curiosa física de 7 brinquedos clássicos
A ciência explica: O poder do pensamento positivo
Bombardeiro desvia a atenção de crimes de guerra
Anomalia misteriosa aparece em Satélite
Todos os direitos reservados - 2016