Descoberto Livro antigo e misterioso que ensina Habilidades mentais

Descoberto Livro antigo e misterioso que ensina Habilidades mentais

Descoberto Livro antigo e misterioso que ensina Habilidades mentais, Houve muitos livros sobre as eras que prometem outros poderes do mundo para aqueles que lê-lo. Muitas pessoas não conseguiam ler pois as palavras no papel eram inerentemente misteriosa. O LIVRO PROMETE UMA LÍNGUA DE PRATA, UMA “MEMÓRIA PERFEITA”, E SABEDORIA O conhecimento adquirido através da leitura desses textos forneceram informações de outra forma desconhecida. No famoso grimoire Lesser Key Of Solomon , há um livro chamado Ars Notoria, ou “A Arte Notory de Salomão ‘. Ars Notoria: The Art Notory de Salomão, que Shewing o Cabalistical Key of

ars-notoria_0

Operações mágicas, a ciência liberal, revelação divina, e a arte da memória. 1657. (esotericarchives.com) Esta parte da Chave Menor de Salomão é a partir do século XIII, embora partes foram escritos tão cedo quanto o século XII. Havia muitas grimoires e outros textos mágicos da época, esta foi mais focado em orações, meditações e exercícios verbais ao invés de feitiços, poções e rituais.

O mais antigo dos textos encontrados em A Chave Menor de Salomão, ele promete uma língua de prata, uma “memória perfeita”, e sabedoria. Como o livro passou por revisões numerosas e não autorizadas através dos tempos, é difícil saber a sua precisão. Além disso, os textos originais foram escritos em um mash up do antigo hebraico, grego e latim. o próprio rei Salomão foi dito ter usado o conteúdo original do Ars Notoria tornar-se sábio, compassivo e inteligente. Outro usuário famosa do Ars Notoria foi João de Morigny, um monge do século XIV. Quando ele tentou conseguir o domínio académico, tornou-se aflitos com visões demoníacas . Ele passou a criar o seu próprio grimório, Libor Visionum. Ele acreditava que o Ars Notoria funcionou, mas veio a um preço demasiado elevado. Existe um truque de comunicação dentro dessa leitores modernos encontrará fascinante. Rotulado como um “experimento magnético, ele detalha como usar um ímã e duas agulhas de bússola para comunicar a grandes distâncias. Se as duas agulhas são esfregadas contra o mesmo magnetita (a magnetita é um ímã natural), as agulhas será “enredado”. Desta forma, se uma agulha move o outro faz bem. Ao colocar as agulhas no centro de um círculo de letras e imagens, dois indivíduos através de grandes distâncias, poderia falar um com o outro, soletrando palavras. O livro tem muitas ideias inteligentes e noções que estavam à frente de seu tempo. Também foi anexado aos nomes ocultos e políticos proeminentes. Uma ilustração de João de Libor Visionum de Morigny (Biblioteca da Universidade de Salzburgo) Tudo isso combinado com o fato de que muitas pessoas não sabia ler, levou as pessoas a acreditar que tinha propriedades mágicas. A expansão da perspectiva e obtenção de conhecimento fez outros acreditam que o livro em si era mágico. Se fomos capazes de obter uma cópia integral e original do livro, então minha mente poderia facilmente ser mudado. Se o livro tinha informações inerentemente perigoso, autoridades de vários tipos teria trabalhado para conter e limitar o acesso do público a essas informações. Se você gostaria de ver um exemplo do texto aqui é razoavelmente boa tradução .

Fonte: ancient

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Perdido por 87: sapo-arco-íris-de-bornéu é redescoberto
Misteriosa tribo de crânio alongado
Cidades nomeadas por Elementos I
As mais estranhas conspirações Orion
Resistência de plantas à radiação indica possibilidade de agricultura em Marte
Alimentos transgênicos podem desenvolver tumores?
Todos os americanos deveram receber um implante de microchip em 2013
Viagem no tempo molecular ?
Mistérios que permanecem sem solução
Os misteriosos Gigantes de nevada
Todos os direitos reservados - 2016