Grandes enigmas do passado II

Grandes enigmas

Grandes enigmas do passado, Aqui no caixa de pandora, nós amamos mistérios. Tanto assim, que temos produzido inúmeras listas até o momento.

O mistério em si nos indaga  sobre o fato relatado e nos faz pensar de uma forma diferente.

O mundo está repleto de enigmas e mistérios, hoje trataremos de alguns enigmas, aquilo que foge totalmente de qualquer explicação, fatos que mesmo nos dias atuais com toda a nossa tecnologia ainda não há qualquer explicação.

Então vamos a alguns Grandes enigmas Ignorados por muitos estudiosos:

Os Omelcas

Grandes

Grandes

Durante 3.000 anos que antecederam a conquista espanhola(1521), diversas grandes civilizações autóctones floresceram na Mesamérica, cujo coração é o México e que se limita, ao norte, com os rios Pánuco e Sinaloa, e, no sul, com uma linha imaginária que inclui a Guatemala e parte de Honduras, El Salvador, Nicarágua e Costa Rica. As cabeças colossais, tão típicas da arte Omelca têm cerca de 3 mil anos de idade. A que se vna foto mede 241 centímetros de altura e pesa 24 toneladas. Trazido até La Venta, e onde foi esculpido, o bloco de basalto percorreu 150 quilômetros de terreno pantanoso e rios de difícil navegação. Como não havia animais de carga (assim supomos), somente uma motivação muito forte poderia vencer todos esses obstáculos. No entanto uma das mais famosas esculturas omelcas, O Atleta, mede apenas 66 centímetros.

Todo o México foi tocado pelo brilho omelca sendo que alguns traços são reencontrados em Chavin. Os principais centros cerimoniais ( San Lourenzo, La Venta, Tres Zapotes ) apresentam uma arquitetura rudimentar (alta pirâmide de argila colorida) . A cultura Omelca é caracterizada essencialmente por suas obras esculpidas, às quais a gravura está freqüentemente associada. Objetos de longíquas exportações, numerosas figuras de jade reproduzem a principal divindade Omelca, um tipo de felino humanizado sob traços de um filhote de jaguar, cuja boca de lábios salientes deixa entever os caninos. Uma estela datada de 31 a.C., permite atribuir aos Omelcas a invenção do calendário meso-americano e da escrita hieroglífica, aperfeiçoada pelos maias. Parece que uma organização economico-militar foi a base dessa cultura, cujos centros cerimoniais de San Lorenzo, e em seguida o de La Venta, foram voluntáriamente destruídos pelos próprios omelcas.

The Grifter 

Grandes
4chan é um dos sites/foruns mais visitados e freqüentados da internet. Ele é muito completo e trata de diversos assuntos, alguns um tantos bizarros. Uma das lendas que saíram do 4chan ( além dos conhecidos “memes faces”) foi o assustador vídeo “The Grifter”. The Grifter é um vídeo que foi mencionado pela primeira vez no fórum de imagens do /x/ (4Chan).
Dizem que quem assistí-lo passará por uma experiência de redenção da alma, mais aterrorizante do que qualquer coisa que se possa imaginar.
Como toda boa lenda da internet dizem que algumas pessoas que assistiram o vídeo foram encontrados mortas em suas próprias casas, com apenas uma coisa em comum: Uma estranha boneca, escondida em algum lugar de suas casas.
Confira a seguir a página deletada do 4chan que contém screenshots do vídeo The Grifter e alguns comentários de quem supostamente o teria assistido:
Grandes

Tradução da página:


ARQUIVO /x/ No. 2411742
Assunto: The Grifter
As postagens nesse fórum alegam a existência de um vídeo tão perturbador que leva à aquele que assiste sensações de náuseas, pesadelos e até mesmo suicídio. Aqueles que disseram tê-lo assistido disseram que se sentiram “mudados”. Status da veracidade do vídeo: INCONCLUSIVA.
the_solipsist: Eu queria não ter assistido… merda … eu realmente me sinto perturbado; como se eu tivesse arruinado algo dentro da minha alma… nunca mais serei o mesmo… merda
Anônimo: Droga, alguém tem o link pra ver? Eu quero vê-lo já faz muito tempo mas não consigo encontrá-lo em lugar algum…
Meus amigos que assistiram disseram nunca mais serem os mesmos.
the_solipsist: acredite em mim… você não vai querer ver isso… espero que não seja você vic… :(
Anônimo: vai se foder OP.
eu quase tinha me esquecido dessa merda. obrigado
acho que não vou dormir essa noite.
Anônimo: é um vídeo postado aqui em 2008… eu não sei exatamente o que é porque não tive bolas para assistí-lo. todos que assistiram reclamaram de terem pesadelos e não eram sequer capazes de descrevê-lo. a maioria das pessoas não queriam nem falar sobre isso. tinha no youtube originalmente, mas o tiraram bem rápido… vou ver se encontro um rs  dele.
Anônimo: bom, não era snuff ou qualquer coisa do tipo aparentemente é só um áudio visual esquisito com alguma coisa andando no fundo que criou essa sensação estranha… pessoas disseram ter ficado doentes, terem pesadelos… aparentemente algumas se mataram mas eu não sei se alguém pode me confirmar isso… de qualquer forma é muito estranho.
the_solipsist: eu prefiro não falar sobre isso. só me deixe dizer que foram os piores 2 mins da minha vida… eu preferia bater uma pra 3 guys 1 hammer10000 vezes antes de ver essa merda de novo… PIOR. MINDFUCK. DE TODOS.

Anônimo: Não, esse não é o certo. O que eu vi ano passado é difícil de descrever; tem esse cara ao fundo durante todo o tempo (aparentemente ele é o “Grifter”) e tem um monte de merda acontecendo na frente… Tipo uma pia cheia de larvas ou algo assim, e a pintura nas paredes estava literalmente derretendo/se soltando e caíndo. A coisa toda me lembrou o filme Begotten mas em DMT e x 1000… realmente uma cena de pesadelo. Muito real. Em cores, mas super escuro e granuloso… TOTALMENTE FODIDO. O resto eu não consigo lembrar. Eu não quero.

Anônimo: MERDA por que você teve que me lembrar?? porra você não se lembra da cena onde ele segura um cachorro que chora que nem um bebê humano? e ele fica só segurando pela nuca no alto o tempo todo? MERDA… merda de combustível pra pesadelo :( :( sério, aquele vídeo mudou a minha vida.

O fato é que ninguém sabe quem fez esse filme e o que o Original com 2 minutos se perdeu. Quem analisou o 1 minuto restante diz que a ele é um conjunto muito bem estruturado de figuras que assustam o pensamento humano interligados a sons de baixa freqüência que tornam tudo ainda mais perturbador.

O vídeo está abaixo. Assista a este grande enigma por sua própria conta!

Este é apenas um trecho do vídeo original que teria aproximadamente 2 minutos e que não encontra-se mais disponível.

 

O estrondo misterioso ouvido pelo mundo

Grandes

Misteriosos estrondos são ocasionalmente ouvidos no litoral da Carolina do Norte, EUA, muitas vezes poderosos o suficiente para chacoalhar as janelas e portas. Eles não podem ser explicados por tempestades ou qualquer fonte criada pelo homem – a sua fonte é realmente um mistério.

Tais sons não são exclusivos da Carolina do Norte ou mesmo da idade moderna. Pessoas que vivem em Nova York há muito tempo conhecem barulhos semelhantes a esses. No litoral da Bélgica, os sons são conhecidos como “mistpouffers”, ou Arroto do Nevoeiro; no delta do Ganges e Golfo da Bengala, “armas Bansal”; na Itália, como “brontidi”, ou trovão; e pelo povo Harami de Shikoku, no Japão, “yan”, ou furgão.

Para os cientistas, a barulhera também tem nome: desafio interessante.

Uma série de explicações plausíveis existem para esses Grandes enigmas, incluindo terremotos, explosões de rochas, os vulcões, ventilação explosivas de gases, ondas, tsunamis, meteoros, trovão distante e as chamadas areias em expansão.

Parece que há uma gama de processos da natureza que podem ser responsáveis pelo som.

As testemunhas de ouvido descrevem os sons como canhões expansivos ou queda de pedras que acompanham terremotos. Em 1975, pesquisadores do Serviço Geológico dos EUA conseguiram gravar sinais acústicos e sísmicos na Califórnia, descobrindo que três terremotos com magnitudes variando entre 2,0 e 2,8 pontos produziram sons que começaram 0,02 segundos depois da chegada de ondas sísmicas na estação. Resultados semelhantes foram observados com tremores na França em 2004.

Além disso, sons audíveis de terremotos podem ser percebidos mesmo quando o chão não está tremendo. Os moradores poderiam estar ouvindo um terremoto que é muito pequeno para sentirem.

Outra possibilidade são as explosões de rochas. Onde há muitas rochas soterradas, pode haver uma liberação de estresse, causada pela mineração e pela remoção de material confinante acima delas, o que pode ser visto como um pequeno terremoto perto da superfície. Os cientistas relataram sentir abalos perceptíveis e ouvir sons em expansão acentuada a partir de tais explosões.

Ondas gigantes também podem ser responsáveis pelos sons misteriosos. Pesquisadores descobriram que os barulhos são familiares para os surfistas durante as maiores ondas. Além disso, após o catastrófico terremoto e tsunami Sumatra, ocorrido em 2004, várias testemunhas disseram ter ouvido sons altos e crescentes que acompanharam duas ou três das maiores ondas que atingiram a costa.

Os pesquisadores acreditam que os sons ouvidos nas costas da Carolina do Norte, Bélgica e da baía de Bengala também podem ser provenientes de grandes ondas causadas por tempestades que quebram bem distantes da costa. Tais ondas também podem agitar depósitos de hidrato de metano no mar, levando a uma ventilação explosiva de alta pressão do gás aprisionado nas profundezas da Terra.
//
//
Outra possibilidade são os meteoros. Meteoros podem gerar estrondos sônicos e explodir dramaticamente à medida que despencam do espaço. Dado o tempo que uma onda sonora pode demorar para alcançar a superfície da Terra, sinais visíveis do meteoro podem desaparecer antes de seu estrondo ser ouvido, principalmente durante o dia.

Já as dunas de areia, sob as circunstâncias corretas, podem mesmo gerar uma variedade de sons, incluindo sussurros, cantos, assobios e rangidos. Areias em expansão podem ser ouvidas a uma distância de 10 quilômetros e durante o tempo de 15 minutos. Elas geralmente aparecem apenas em grandes dunas de areia em climas áridos, estando com as faces íngremes contra o vento, e parecem exigir grãos de areia ligeiramente comprimidos e quase esféricos.

No futuro, depois que as fontes artificiais dos misteriosos sons forem descartadas – como exercícios militares e explosões de pedreiras – as redes sísmicas poderão rapidamente revelar se terremotos ou vulcões são os verdadeiros responsáveis. As opções são muitas; qual o seu palpite?

E não é que ele já aconteceu aqui no Brasil?! Vejam esta matéria: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/11/moradores-relatam-tremor-e-estrondo-em-taubate-sp.html

O mistério de Palenque

Grandes

Um dos mistérios mais intrigantes que envolve toda a humanidade são a presença de OVNI’s por toda a terra. Há muita especulação a respeito do assunto, mas a grande verdade é que um documento perturbador que diz respeito ao tema encontra-se no México. Em Yucatan foi descoberto no dia 15 de junho de 1952, por Alberto Ruz Lhuillier e uma equipe de arqueólogos um magnífico monumento de forma piramidal, considerado o mais belo de todo o Estado de Chiapas.

Era um túmulo secreto sob o qual repousavam os restos dos Maias da época, que eram seus contemporâneos. Sua atura, 1,70 m, ultrapassava os vinte centímetros a altura média dos indígenas que não nunca ultrapassam os 1,54 m.
No interior da pirâmide, descobriram um sarcófago inviolado, recoberto por uma laje esculpida. Esta pedra, com o comprimento de 3,80 m e largura de 2,20 m, tinham a espessura de 25 cm.

Para quem olha esta escultura com um pouco de atenção, é possível ver nela o esquema de uma máquina voadora pilotada por um homem ou uma mulher. Esta escultura é uma das mais belas e das mais finas de toda a arte pré-colombiana conhecida.

Esses hieróglifos explicam certamente as condições de pilotagem de uma “vimana”. Os “vimanas”, conta-nos a tradição hindu, eram engenhos voadores aperfeiçoados suscetíveis de realizar fantásticas viagens cósmicas. O motivo central que representa o “piloto” permite-nos constatar, que este último traz um capacete e observar a parte dianteira do aparelho. Suas duas mãos estão ocupadas, elas parecem manobrar alavancas. A cabeça do indivíduo repousa sobre um suporte, e um tubo inalador penetra-lhe o nariz.

No conceito maia, o papagaio simboliza o disfarce do deus solar. É este pássaro que se vê sobre o enigma de Palenque. Ele agarra-se à frente do veículo cósmico, e o “disfarce” do “deus solar” torna-se  ENERGIA.

 O caso Taman Shud

images (1)

Em 1948 o corpo de um homem foi encontrado na praia de Somerton, em Adelaide, Austrália. O homem nunca foi identificado. A polícia encontrou uma mala que acreditaram conter as roupas do homem em que todas, a não ser três peças, tiveram suas etiquetas de identificação removidas. O nome nas peças restantes apontaram para um homem que mais tarde foi identificado e não era o homem morto. Uma pequena nota no bolso do homem dizia “taman shud“, que é a última linha do Rubaiyat de Omar Khayyam. Havia sido recortada de um livro. Um médico vendo a nota na TV contatou a polícia e disse que o livro havia aparecido no banco de trás de seu carro destrancado. Era o exemplar de onde a nota havia sido removida. Na parte de trás do livro haviam marcas codificadas que ainda não puderam ser decifradas, como a abaixo:

MRGOABABD
MTBIMPANETP
MLIABOAIAQC
ITTMTSAMSTGAB

Um nome na capa do livro levou a polícia até uma mulher que disse ter dado o livro a um homem chamado Boxall durante a Segunda Guerra Mundial. Ao ver um molde de gesso do homem morto ela o identificou como sendo Boxall. Isto pareceu ter solucionado o mistério de quem o homem era, até que Boxall foi descoberto vivo com sua cópia do livro intacta. Coincidentemente, a mulher que identificou o homem viveu em Glenelg – a última cidade visitada pelo homem antes dele viajar de ônibus para o seu destino final. A mulher pediu a polícia que não registrassem seu nome porque estava casada e queria evitar um escândalo – eles tolamente aceitaram e a identidade dela agora também é desconhecida. Este é considerado um dos mistérios mais profundos da Austrália. A Wikipedia em inglês possui informações mais detalhadas sobre esse fascinante caso – veja clicando aqui.

 

Adaptado de confidencialinfomisteriosantigos

4 comentários a “Grandes enigmas do passado II”

  1. Ana diz:

    Esse Video do the grifter, é uma histeria coletiva, se assistir sem fica pensando q vai fica assustado, q vai morre, enfim, não tem nada demais, as pessoas vão levadas pelos comentarios dos outros e pela lenda do que aconteceu com qm assistiu.
    Não passa de um filme pertubador, mas que mts filmes de terror trazem a mesma sensação.

    • sidney diz:

      Concordo plenamente com o comentário acima, é apenas um vídeo perturbador, como muitos que vios por aí. Nã há nada de tão exclusivo que confira a este vídeo tudo que estão comentando por ai…

  2. Fillipe diz:

    muito interessante.

  3. […] fatos que mesmo nos dias atuais com toda a nossa tecnologia ainda não há qualquer explicação. Ler Post Completo enigmas, […]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Os animais mais estranhos do mundo
Composto de tubarão poderia curar vírus humano
Comercial de Clinica de aborto causa Polêmica na Grã – Bretanha
Falar mal dos outros é a melhor maneira de fazer amigos
Vídeos bizarros que desafiam a lógica
Como Identificar a Alienação Mental?
ETs são produto da imaginação humana afirmam cientistas
Marido de Brittany Murphy é encontrado morto no mesmo local que a atriz
A arte nas ruas
Como o corpo sabe qual qual bactéria é boa ou ruim ?
Todos os direitos reservados - 2016