Pedras sugerem convivência de homem com dinossauros

Pedras sugerem convivência de homem com dinossauros

 

Pedras de Ica sugerem que homens e dinossauros coexistiram no passado. Você já ouviu falar das Pedras de Ica? Caso você nunca tenha escutado sobre esses famosos — e polêmicos — artefatos, trata-se de uma vasta coleção de pedras supostamente milenares que foram encontradas na região de Ica, no Peru. Elas retratam humanos realizando cirurgias e transplantes, objetos de tecnologia avançada, mapas e até pessoas ao lado de diversas espécies de dinossauros, sugerindo a coexistência entre homens e essas criaturas.

Os desenhos presentes nas pedras teriam sido feitos a mão por integrantes de uma antiga civilização misteriosa, que obviamente possuía avançado conhecimento científico e tecnológico. No entanto, a procedência dos artefatos sempre esteve cercada de muita controvérsia.

Descoberta das pedras Ica.

Pedras sugerem convivência de homem com dinossauros2

 

As Pedras de Ica foram descobertas em 1960, depois do desvio de um rio, e quem divulgou a existência desses objetos foi um médico peruano chamado Javier Cabrera, que dedicou sua vida a estudar as inscrições presentes neles. De acordo com o médico, as figuras foram criadas por uma civilização alienígena — os Homens Gliptolíticos —, que teriam vindo à Terra quando os dinossauros ainda habitavam o nosso planeta.

Segundo Cabrera, esses seres teriam vindo até aqui há milhões de anos para criar o homem moderno geneticamente, partindo para sempre depois de concluir sua missão. Entretanto, como as pedras não contêm nenhum material orgânico, é impossível realizar testes de datação através da técnica do Carbono-14 para determinar a sua “idade”.

Além disso, como os locais exatos nos quais as pedras foram encontradas jamais foram revelados, é impossível determinar a sua idade com base no estudo de seus estratos geológicos.

Ceticismo

No total, existem cerca de 15 mil dessas pedras com inscrições estranhas, e as opiniões se dividem quando o assunto é determinar se os artefatos são uma fraude ou não. Após a realização de vários estudos, a comunidade científica demonstrou que as Pedras de Ica não passam de uma grande mentira, hipótese que foi reforçada após a prisão de um homem chamado Basilio Uchuya, que confessou ter feito os desenhos com uma broca de dentista.

Hoje em dia, pedras semelhantes são vendidas como souvenires aos turistas que visitam a região, portanto é bastante comum ver inúmeros artesãos trabalhando com as peças. Caso algum dia você esteja de visita ao Peru e decida conferir de perto esses famosos artefatos, a maior coleção atual se encontra exposta na Praça das Armas da cidade de Ica. E você leitor, já tinha ouvido falar dessas pedras? Conhece alguma teoria diferente sobre a sua procedência?

Um comentário a “Pedras sugerem convivência de homem com dinossauros”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Estudo afirma Aspartame causa danos ao cérebro
Você quer ser um Homem de ferro? a ciência te explicará como é possível
Projeto de um Fusca Brasileiro
Os mais extranhos desaparecimentos no "Triângulo das Bermudas"
Quanto nos custa um deputado ?
o inferno segundo budismo
As 63 fobias mais estranhas que existem.
Mitos que podem custar vidas
Os mais estranhos e interessantes fatos ciêntíficos
Saiba como sincronizar sua atividade cerebral com a de outra pessoa
Todos os direitos reservados - 2016