Você já imaginou o Efeito Borboleta na vida real ?

Voce ja imaginou o Efeito Borboleta na vida real

Você já imaginou o Efeito borboleta na viada real? o assunto virou tema de cinema com o filme de mesmo nome chamado “Efeito Borboleta” o filme conta a história de um rapaz chamado Evan  que teve certos problemas de memória quando garoto. Já crescido, ele descobre uma capacidade de poder viajar pelo tempo através desses buracos em suas lembranças. Ele utiliza desse poder para poder ficar com a garota dos seus sonhos, porém, isso o insere em um ciclo que, a cada vez que ele utiliza esse poder, algo de muito ruim acontece a alguém querido de sua vida. Evan tenta então, voltando sempre no tempo, salvar as pessoas, mas por mais que se esforce, alguém sempre vai sair perdendo.

Bem! vamos sair um pouco da ficção, Segundo a teoria do caos: O bater das asas de uma borboleta pode gerar um leve sopro, que, tomado forças, forma um furacão do outro lado do mundo”

No princípio da ciência moderna começou a se falar de reducionismo, que era a análise e estudo de um grande evento a partir de pequenos elementos que contribuíram de alguma forma para que o mesmo evento acontecesse. Esse tipo de análise distorce a realidade, e nos faz perder em um emaranhado de teias, complexas e infindáveis, deixando sempre espaço para algo novo, para algo que não levamos em consideração.

A Teoria do Caos, através da metáfora do efeito borboleta, mostra como é praticamente impossível definir a verdadeira origem de qualquer coisa, e como tudo levou a acontecer. Uma pessoa nasce a partir do momento em que seus pais resolvem sair determinado dia, se conhecem, decidem namorar, decidem casar, decidem ter filhos (ou não), decidem não abortar, decidem ficar com a criança? Ou a partir do momento em que seus avôs resolvem sair, se conhecem…?

Muitas pessoas, através de uma visão romântica do mundo, acreditam que tudo é obra do destino. Mas assim como determinado evento aconteceu, outro evento poderia ter acontecido. E se um detalhe no decorrer da trama mudasse, e todo resultado fosse diferente? Seria assim mesmo obra do destino?

Destino não existe, o que existe são ações que geram reações. O ser humano sempre foi egocêntrico a ponto de por importância demais onde não tem. É como religião: o homem se acha demais perfeito para ser obra da evolução, então um ser todo poderoso, onipresente e onisciente o criou, só assim para nós, seres humanos, existirmos (contemple como somos perfeitos… idiotas).

Não, você conhecer sua (futura) namorada não foi obra de um destino que te ama. Não, você conseguir uma oferta de emprego por acaso dentro de um singelo restaurante não foi obra do destino. São oportunidades, eventuais acontecimentos da vida que, sem eles, nada faria sentido. Se dissermos que tudo de diferente que acontece é obra do destino, então a vida por si só não é nada, apenas um conjunto de paradigmas que formam uma rotina monótona e sem razão.

Seguindo a mesma linha de raciocínio romântica da perfeição do destino, temos todas as dicotomias (algumas bastante reforçadas pela religião) que atrapalham a construção de uma visão sensata, uma visão realista. Mente e corpo, espírito e matéria são alguns exemplos de elementos filosoficamente opostos, que se integrados, deixariam tudo mais simples, tirando a importância superestimada dada à essência humana.

Não estou dizendo que somos inúteis, nem que devemos nos rebaixar. O ser humano é um ser proporcionalmente evoluído se levarmos em conta todos os seres vivos do planeta. Mas é preciso maneirar na magia que ronda a cabeça das pessoas, e colocar um pouco de realidade nessa visão romântica que muitos têm. Afinal, a realidade é só uma, cabe a cada um interpretá-la da maneira que quiser, mas se a alterarmos demais, ela acaba por nos alterar também.

O assunto em questão é uma mera teoria, porém um caso a se pensar.

Fonte:livromecanico

Um comentário a “Você já imaginou o Efeito Borboleta na vida real ?”

  1. For some reason only half of the post is being shown, is it my browser or the internet site?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Top 5 estranhos segredos governamentais
Misterioso dispositivo UFO cria anomalia elétrica e desativa todos os dispositivos
Fatos inusitados do cinema que talvez você não sabia
Propagandas criativas
Colapso nas usinas do Japão
POLICIA TENTA ENCONTRAR O CORPO DE ELIZA SAMUDIO
Os mistérios do assustador – The Grifter
Viajar no tempo, seria isso possível ?
Estamos sendo monitorados ?
Coisas que fazem você perceber que é velho #2
Todos os direitos reservados - 2016